12 de nov de 2015

Resenha: O retrato de Dorian Gray



Galerinha vou voltar a resenhar livros e o de hoje tem por nome o retrato de Dorian Gray. Esse livro é bem antigo, comprei em 2013 para um trabalho de leitura na escola, lemos o livro e o apresentamos para as outras salas, e quem se interessava pelo livro comprava. Esse livro também tem um filme em sua inspiração com mesmo titulo, porém asseguro que a historia é bem diferente, o diretor do filme deu uma viajada legal ao faze-lo, mas em fim chega de papo e vamos as informações cruciais e básicas do livro.

Nome: O retrato de Dorian Gray
Coleção: A obra prima de cada autor
Ano: 1890
Autor: Oscar Wilme 

Sinopse: 'O Retrato de Dorian Gray' é o único romance do escritor irlandês Oscar Wilde, autor de inúmeras peças de teatro e histórias curtas. O romance, que conta a insólita história de um jovem londrino cuja beleza tornou-se sua própria miséria, provocou violentos debates e intensa polêmica ao ser publicado, em 1891, por retratar de maneira dramática a degradação do homem. Hoje, passadas as paixões da época, verifica-se que, pelo apuro estilístico, humor, fantasia e verve - nele se encontram alguns dos mais famosos e cintilantes paradoxos de Wilde —, o livro resistiu à ação do tempo. E que, superado o seu espírito aristocrático e até antipopular, a esse doloroso apólogo da degradação humana jamais faltaram emoção estética e grandeza dramática. Wilde dizia haver posto todo o seu gênio em sua vida, todo o seu talento em seus trabalhos. Deu à ribalta inglesa as melhores comédias desde Sheridan, todas cheias de excelentes situações, repletas de estilo singular, de graça suave. Brilhante classicista, foi ainda um prosador singular, com trabalhos marcados por certo exotismo, evidentemente influenciado pelas obras de Walter Pater, cujas teorias estéticas aceitou, dizendo cultuar a arte pela arte. Colecionava objetos de porcelana azul, penas de pavão, e defendia o uso de roupas 'racionais' pelas mulheres - o que significava vestidos soltos e a ausência de espartilhos. Proclamava-se ainda socialista, embora se preocupasse mais com a liberdade artística do que com a igualdade social.

Minhas considerações sobre o livro: Bom vamos dividir por partes, primeiro vamos falar da abordagem do livro, o livro aborda como tema principal o esteticismo. Quando Dorian, o personagem principal do livro se mostra cego pelo beleza que o segue, deixando assim que ela tome conta de si como se só ela importasse. O livro também aborda a duplicidade do personagem, mostrando em varias partes que ele age de forma diferente aos olhos das pessoas e interiormente, mostrando ser um pessoa fria e impiedosa quando bem entende. Agora sobre a linguagem referente ao livro, a escrita em sí, aconselho se você for curioso ler o livro com um dicionario ao seu lado, por que tem sim palavras que talvez você nunca tenha ouvido falar. E Finalmente a pergunta, sua critica será positiva ou negativa ao livro? 
Minha critica é totalmente positiva para o livro pois a historia esconde sobre sim uma profunda reflexão sobre o valor e a importância que damos a beleza, podemos dizer também que o livro é uma critica  a sociedade inglesa do século XVIII, com uma série de alegorias à decadência moral e espiritual dessa mesma sociedade, sempre tão sorridente e bonita, mas suja e podre por dentro. O livro também aborda o maior medo da humanidade: o medo de envelhecer,questiona a beleza, a juventude, os valores morais e a sociedade. É um livro que eu recomendo muito! Bom galerinha esse é o resumo de hoje, espero que gostem e que tenham tido paciência para ler até o final, até a próxima.

4 comentários:

  1. Não gosto muito desse tipo de livros sabe, mas adorei sua resenha, quando sobrar um pouquinho de money irei comprar pra ler <3
    Blog lindo. Bjjj
    www.mundodefany.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Compre sim, não irá se arrepender, caso não queria gastar muito baixa em pdf, pelo menos pra ver se gosta antes de comprar pra valer, e obrigado pela visita! ♡

      Excluir
  2. Eu amooooo livro assim! Ja quero p ontem. Essas críticas à sociedade são sempre bem interessantes e sempre tiro bons ensinamentos delas. Resenha maravilhosa, parabéns.

    www.martinhabarreto.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sempre bom livros que abordam esses temas, nos são uma outra visão pra tudo isso. E muito obrigado pelo comentário positivo! ♡

      Excluir